CCEE: Albras liderou consumo no mercado livre em março

Metalúrgica teve consumo de 801,4 MW médios no mês. Telefonica liderou na classe especial

O boletim InfoMercado Mensal da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica analisou o consumo das empresas no Ambiente de Comercialização Livre. Os dados consolidados de março de 2016 apontam o agente Albras como a maior consumidora na categoria consumidor livre. A metalúrgica Albras Alumínio Brasileiro registrou um consumo de 801,4 MW médios ao longo do mês de março, mais que o dobro da siderúrgica Arcelor JF, com 321 MW médios e da petroquímica Braskem, com 314,5 MW médios. 
 
Entre os consumidores especiais, ou seja, empresas com demanda contratada de energia entre 0,5MW e 3MW e tensão mínima de 2,3 kV, o ranking apresenta a Telefonica, com 44,4 MW médios; o Carrefour, com 37,8 MW médios e em terceiro a Seara Matriz, com consumo de 35,5 MW médios, como as empresas com maior consumo no período. O consumidor especial deve adquirir energia somente de fontes incentivadas.

Em março, o consumo total no Sistema Interligado Nacional totalizou 65.052 MW médios, montante 1,6% maior ao registrado no mesmo período do ano passado. O aumento foi de 2,6% no mercado cativo, no qual os consumidores são atendidos pelas distribuidoras, enquanto no mercado livre, no qual consumidores compram energia diretamente dos fornecedores, foi registrada retração de 1,7%. A atividade industrial continuou em queda, impactando exatamente o consumo de energia dos consumidores livres, especiais e autoprodutores. O setor de extração de minerais metálicos teve o pior resultado, com diminuição de 13,4%, seguido pelo setor de veículos com 8,3% e têxteis com 5,9%.