Renova antecipará recebimento de R$ 118 mi da Cemig

Valores referem-se a energia que deverá ser entregue a partir de 2021

O conselho de administração da Renova aprovou a antecipação do pagamento de R$ 118 milhões referente à entrega de energia futura contratada no âmbito do PPA entre a Renova Comercializadora e a Cemig-GT que foi assinado em 2013 entre as partes e que prevê além da antecipação a postergação do pagamento da energia objeto do acordo. Esses recursos serão destinados prioritariamente o projeto Alto Sertão III bem como para suprir outras necessidades da empresa, mas não detalhou quais seriam esses outros destinos. A energia desse contrato será entregue a partir de maio de 2021.

Já foram antecipados pela Cemig, empresa controladora da Renova, R$ 94 milhões em junho deste ano. À época firmaram contrato de alienação fiduciária em que foram alienadas 100% das ações da Enerbrás e 100% das ações das SPEs da Fase B do projeto Alto Sertão III, bem como foi outorgada uma opção de compra em favor da Cemig de 100% das ações da Enebrás. A ainda, em dezembro de 2015 houve outra antecipação, dessa vez de R$ 60 milhões.
Com isso a antecipação soma R$ 272 milhões. Em decorrência dessa antecipação firmaram ainda um contrato que possibilita à Cemig transformar esse montante em participação acionária na Alto Sertão Participações que controla a Alto Sertão III – Fase A com 49,9% do capital, bem como da Bahia Holding e outros 49,9% da Ventos de São Cristóvão.