PLD sobe 60% no Nordeste e chega a R$ 386,46/MWh

Preço foi impulsionado por menor disponibilidade térmica. No SE/CO e Sul, valor caiu 8% e ficou em R$ 219/MWh

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica informou que o Preço de Liquidação das Diferenças para o período entre 18 e 24 de março caiu 8% nos submercados Sudeste/Centro-Oeste e Sul ao ser fixado em R$ 219,10/MWh. Já o preço no Nordeste registrou elevação de 60% e ficou em R$ 386,46/MWh, aumento provocado pela menor disponibilidade térmica na região. No Norte, o PLD segue no valor mínimo de R$ 33,68/MWh.
 
Os limites de intercâmbio referentes ao envio de energia pelo Norte e recebimento pelo Nordeste são atingidos, o que descola os preços destes submercados frente aos demais. Em março, a previsão de afluências permanece em 69% da Média de Longo Termo, voltando a ficar acima da média no Sul, de 104%. As ENAs são esperadas em 71% da MLT no Sudeste, 24% no Nordeste e em 86% da média no Norte.
 
A carga esperada para a próxima semana deve ficar em torno de 550 MW med mais baixa frente à previsão anterior, cerca de 150 MW med menor no Sudeste e 400 MW med no Sul. Não houve alteração na expectativa de carga para os demais submercados. Os níveis dos reservatórios do Sistema ficaram 1.860 MW médios abaixo da última previsão, sem alterações apenas no Nordeste. Foram registradas reduções no Sudeste, de 1.630 MW med, no Sul, de 80 MW med e Norte, de 150 MW med.
 
O fator de ajuste do MRE previsto para março é de 109,2%. Já os Encargos de Serviços do Sistema são esperados em R$ 122 milhões para o mês, sendo R$ 82 milhões referentes à segurança energética.

PLD
 
Sudeste/Centro Oeste
: R$ 221,31/MWh (pesada); R$ R$ 221,31/MWh (média); R$ 215,21/MWh (leve)
 
Sul: R$ 241,40/MWh (pesada); 221,31/MWh (pesada); R$ R$ 221,31/MWh (média); R$ 215,21/MWh (leve)
 
Nordeste: R$ 426,89/MWh (pesada); R$ 426,89/MWh (média); R$ 315,55/MWh (leve)
 
Norte: R$ 33,68/MWh (pesada); R$ 33,68/MWh (média); R$ 33,68/MWh (leve)
 
Para checar a evolução do PLD e gerar gráficos com múltiplos parâmetros acesse o Monitor Energia, disponível para assinantes do CanalEnergia Corporativo.