CCEE começa a receber prêmio da repactuação do risco hidrológico

Amazonas GT e Tocantins Energética serão os primeiros agentes a recolher o valor em 1º de março

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica iniciará o recebimento do prêmio referente à repactuação do risco hidrológico a partir de 1º de março. Os agentes Amazonas GT e Tocantins Energética serão os primeiros a realizar o aporte segundo os termos da resolução normativa 684/2015 da Aneel, sendo que o início do pagamento desse risco será de acordo com os termos celebrados individualmente pelas usinas com a Aneel e que por isso variam de acordo com o agente.

A CCEE explicou que o cálculo do valor a ser pago mensalmente pelo gerador consiste da multiplicação do montante mensal de energia repactuada em MW médios pelo número de horas do mês de competência e pelo valor do prêmio que a geradora celebrou no termo de repactuação com a Aneel. O valor do premio do risco será atualizado monetariamente, em janeiro de cada ano, pela variação do índice do IPCA do período. Esses recursos serão utilizados pela Aneel para compor os recursos da conta das bandeiras tarifárias.