Brasil exporta mais 183 MW médios para Argentina

Carga superior à prevista e dificuldade na geração motivaram pedidos do país vizinho

O Brasil exportou 183 MW médios para a Argentina na última quinta-feira, 21 de janeiro. De acordo com o Operador Nacional do Sistema Elétrico, a exportação de 1.000 MW feita das 13:27 às 19:05 horas se deu por conta de um pedido do operador argentino, devido a carga estar acima do planejado e da indisponibilidade de recursos de geração no país vizinho. No dia anterior, o Ministério de Minas e Energia já havia anunciado a exportação de 153 MW médios na última semana. O intercâmbio de energia tem sido feito pela conversora de Garabi II.

A troca de energia faz parte de acordo assinado entre os operadores dos dois países e já foi realizada em outras ocasiões. No ano passado, a crise hídrica fez com que o Brasil recebesse energia da Argentina.