Cotas do Proinfa para fevereiro de 2016 somam R$ 16,1 milhões

Valores da CDE para outubro de 2015 totalizam R$ 15,5 milhões

A Agência Nacional de Energia Elétrica estabeleceu nesta sexta-feira, 4 de dezembro, as cotas de custeio do Programa de Incentivo às Fontes Alternativas referentes ao mês de fevereiro de 2016 e relativas às concessionárias de transmissão que atendam ao consumidor livre ou autoprodutor conectada na Rede Básica do Sistema Interligado Nacional. O pagamento das cotas deverá ser feito para a Eletrobras até o dia 10 de janeiro de 2016. O valor total das cotas chegou a R$ 16.102,387,75. A maior parte desse montante, R$ 5.536.648,85, será pago pela Eletronorte. A Chesf vem logo depois, com recolhimento de R$ 3.572.686,54. O menor valor será pago pela Coqueiros, com R$ 1.085,98.

A Aneel fixou ainda as cotas do encargo da Conta de Desenvolvimento Energético relativas a outubro de 2015 para as transmissoras. A data limite para recolhimento do montante é dia 30 de dezembro. As cotas somaram R$ 15.571.301,31. O pagamento do maior valor, de R$ 3.123.882,95, será feito pela Copel. Logo em seguida vem a Cemig, com R$ 2.625.469,17. A Coqueiros, novamente, terá que desembolsar o menor valor, que será de R$ 9.143,63.