MME nomeia Edvaldo Luís Risso como novo secretário-executivo adjunto

Romário Wojcicki deixou o cargo para assumir a presidência da CGTEE

O Ministério de Minas e Energia anunciou Edvaldo Luís Risso como seu novo secretário-executivo adjunto. A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União da última sexta-feira, 27 de novembro. Risso substitui Romário Wojcicki, que assumiu a presidência da Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica.

Com longa experiência no setor elétrico, Luís Risso é engenheiro eletricista formado pela Faculdade de Engenharia da Fundação Educacional de Barretos (SP), pós-graduado em regulação dos setores de energia elétrica e gás natural pela Universidade de São Paulo e com especialização na área de conservação de energia pela Japan International Cooperation Agency.

O novo secretário-executivo-adjunto tem vasta trajetória em cargos de gestão no setor. Risso foi superintendente de Produção da Eletrobras Distribuição Rondônia; chefe do Centro Regional de Operações da empresa e Gerente da Divisão de Coordenação Técnica na Eletrobras Eletronorte. Desde 2002 presta serviços ao Ministério de Minas e Energia, onde atuou como chefe de gabinete da Secretaria-Executiva e da Secretaria de Energia Elétrica, passando a ocupar o cargo de coordenador-geral de Monitoramento do Sistema Elétrico e posteriormente a chefe da Assessoria de Acompanhamento de Políticas e Desempenho Setorial.

Francisco Romário Wojcicki tomou posse como presidente na CGTEE em 10 de novembro e substituiu Sereno Chaise.