ONS: período chuvoso já começou

Enquanto chuvas intensas em MG trazem boas perspectivas, situação difícil dos níveis no Nordeste persiste

As fortes chuvas que acometeram Belo Horizonte (MG) são um sinal de que o período chuvoso já começou essa semana. De acordo com o diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico, Hermes Chipp, as previsões de vazão para essa semana são melhores que o que vinha sendo previsto anteriormente. A previsão é de que as chuvas atinjam a região Sul, indo até o norte de São Paulo e o Sul de Minas Gerais. ‘A chuva em Belo Horizonte significa chuva na cabeceira do São Francisco, em Três Marias, o que é um bom sinal" explica Chipp, que participou nesta quarta-feira 28 de outubro, do evento de lançamento do Brasil Solar Power 2016, no Rio de Janeiro (RJ).
 
A situação dos reservatórios da região Nordeste, em especial do de Sobradinho, continua difícil. A expectativa é que o nível da usina pode chegar próximo de zero. Segundo Chipp, a Chesf, proprietária da usina, tem experiência em operar abaixo de zero, com o volume morto. Ele ressalta que a situação está sob controle e que enquanto o fenômeno climático El Niño persistir, a possibilidade de chuvas por lá é pequena. O diretor contou que ontem houve uma reunião na Agência Nacional de Águas e o ONS vai pedir a possibilidade da redução da vazão de Sobradinho de 900m³/se para 800m³/s. Isso daria mais fôlego para o reservatório da usina, ganhando 275 MW médios de energia por mês.

Em agosto o ONS havia pedido à ANA aumentar a defluência de Três Marias, de modo que se melhorasse a recuperação do reservatório da hidrelétrica de Sobradinho e ele chegasse ao fim do ano com mais volume que o esperado. A alteração veio somente no fim de setembro e pareceram não surtir o efeito desejado. Nesta semana, os níveis do Nordeste começaram a operar abaixo de 10% e a usina de Sobradinho, abaixo de 5%.