Eólicas no RS e BA recebem aval para operação em teste de turbinas

Ao todo, mais de vinte unidades geradoras foram aprovadas pela Aneel. PCH Doido também poderá realizar teste no Tocantins

A Agência Nacional de Energia Elétrica aprovou na última sexta-feira, 18 de setembro, o início do funcionamento em fase de testes das eólicas Coxilha Seca, Galpões e Capão do Inglês, todas localizadas no Rio Grande do Sul. Na primeira usina, foram autorizadas a operação de quatorze unidades geradoras (UG1 a UG10 e UG12 a UG15), que totalizam 28 MW de capacidade instalada. Na EOL Galpões, a Aneel liberou o funcionamento de três turbinas (UG1 a UG3), que alcançam 6 MW de potência. Na usina eólica Capão do Inglês, quatro unidades (UG1, UG2, UG3 e UG5) receberam o aval por parte da agência. Somadas, as turbinas chegam a 8 MW de capacidade instalada.

Já na Bahia, ocorreu a liberação da turbina de nº 14 da EOL Baraúnas I. Ainda no Estado, a Aneel aprovou o funcionamento da unidade nº 7 da eólica Mussambê. Ambas as unidades geradoras possuem 2,3 MW de capacidade instalada. Também receberam a autorização da Agência para operação em teste as turbinas nº 1 e 2 da PCH Doido, em Tocantins. As unidades totalizam 6 MW de potência.