Enel encerra primeiro semestre com lucro de € 1,83 bilhão

Receitas aumentaram 4,2%, chegando a € 37,6 bilhões

A italiana Enel terminou o primeiro semestre de 2015 com lucro de € 1,83 bilhão. O resultado é 10,1% maior que o alcançado no primeiro semestre de 2014. As receitas da empresa no período aumentaram 4,2%, saindo de € 36,1 bilhões nos primeiros seis meses de 2014 para € 37,6 bilhões no fim de junho deste ano. O Ebitda da empresa foi de € 7,96 bilhões, crescendo 1,5%.

De acordo com o CEO da Enel, Francesco Starace, o Ebitda da empresa está sólido, graças aos bons resultados obtidos pelos negócios nas divisões de energias renováveis, Infraestrutura e Redes. Ainda segundo ele, o processo de simplificação societária na América Latina está caminhando conforme o planejado e a reorganização do Grupo já está mostrando sinais com a entrega de melhorias no fluxo de caixa.

A Enel no Brasil controla as distribuidoras Ampla (RJ) e Coelce (CE). Na geração convencional, além da usina hidrelétrica Cachoeira Dourada (GO – 658 MW) e a térmica Fortaleza (CE – 326,6 MW), ela tem a Enel Green Power, dedicada a energias renováveis.