ContourGlobal e Chesf inauguram parque eólico no Piauí

Complexo Eólico Chapada do Piauí I tem 205 MW e consumiu R$ 800 milhões

A ContourGlobal e a Chesf iniciam a operação comercial de 176 MW em seis parques eólicos de seu Complexo Eólico Chapada do Piauí I, localizado entre os municípios de Marcolândia, Simões e Padre Marcos. O complexo tem capacidade instalada de 205 MW e vai gerar energia equivalente ao consumo de 650 mil residências, que corresponde a mais da metade do consumo residencial do Estado do Piauí.

O investimento no projeto foi de aproximadamente R$ 800 milhões, dos quais R$ 555 milhões financiados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. O empreendimento é composto por 115 aerogeradores, fabricados pela GE, modelos GE1.85 MW e GE1.7 MW. Durante as obras do complexo, foram gerados cerca de 700 empregos diretos e 2.000 indiretos durante os últimos dezesseis meses.

De acordo com Alessandra Marinheiro, CEO para América Latina da ContourGlobal, a empresa tem motivo para se orgulhar, já que ela finaliza a construção em praticamente 2 meses antes do prazo. Segundo ela, foi desenvolvido e construído um grande projeto de infraestrutura em uma região remota e com um indicador de segurança exemplar. Foram apenas 2 acidentes com afastamento em 2.000.000 de horas trabalhadas durante a construção iniciada dezesseis meses atrás.

Os parques eólicos vão desenvolver a economia local através da regularização fundiária das terras de pequenos proprietários, geração de renda pelo arrendamento das terras e aprimoramento de programas de saúde, educação e qualificação profissional das comunidades de entorno dos empreendimentos. Além do Chapada do Piauí I, a ContourGlobal e a Chesf estão construindo outros parques eólicos no estado com capacidade instalada total de 437 MW sendo que a capacidade remanescente foi comercializada no Leilão A-3 de 2013. O Complexo Eólico estará totalmente finalizado em janeiro de 2016.