Térmicas, eólicas e fotovoltaica tem unidades liberadas para operação comercial pela Aneel

Agência aprova ainda turbina da UTE Guarani Tanabi 2 para operação em teste em SP

A Agência Nacional de Energia Elétrica autorizou na última segunda-feira, 29 de junho, o início da operação comercial de quatro unidades geradoras (UG1 a UG4) da UTE Itaú Centro Empresarial Torre E6, localizada em São Paulo. As turbinas alcançam 10 MW de potência. A Aneel aprovou ainda o funcionamento de dezoito unidades (UG1 a UG18) da EOL Riachão I, no Rio Grande do Norte. Somadas, as turbinas chegam a 29,7 MW de capacidade instalada. A UFV Central Mineirão, em Belo Horizonte, foi outra a ter unidade liberada pela Agência. A turbina UG1 possui 1,4 MW de potência, e passa a operar comercialmente.

A Aneel autorizou ainda para operação em fase de testes a turbina de nº 1 da UTE Guarani Tanabi 2, em São Paulo. A unidade totaliza 34 MW de capacidade instalada.