Reservatórios do Sul baixam 0,2% para 31% da capacidade

Níveis caíram também no Nordeste e mantiveram a estabilidade no SE/CO e Norte, segundo ONS

Os reservatórios da região Sul baixaram 0,2% para 31% da capacidade na última quarta-feira, 20 de maio, em relação ao dia anterior, segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico. A energia armazenada no dia alcançou 6.195 MW mês. A energia afluente alcançou 57% da média de longo termo armazenável no mês até o dia. A hidrelétrica G.B.Munhoz opera com 23,25% da capacidade.

No subsistema Sudeste/Centro-Oeste, os reservatórios mantiveram o nível de 35,7% do dia anterior. A energia armazenada chegou a 73.186 MW mês. A energia afluente está em 105% da MLT armazenável no mês até o dia. A hidrelétrica Furnas trabalha com 27,6% da capacidade e a de Nova Ponte, com 25,84%.

No Nordeste, houve redução de 0,1% no nível de armazenamento dos reservatórios para 27,3% da capacidade. A energia armazenada está em 14.168 MW mês. A energia afluente está acumulada no mês em 63% da MLT. A usina de Sobradinho está com 21,65%. Na região Norte, o armazenamento se manteve em 82,4% da capacidade. A energia armazenada está em 12.209 MW mês. A energia afluente armazenável está em 82% da MLT até o dia. A hidrelétrica de Tucuruí opera com 100% da capacidade.

Outras informações sobre níveis de armazenamento, por submercado ou pelos principais reservatórios do país, bem como a geração de gráficos comparativos, podem ser acessadas na Seção Reservatórios do Monitor Energia, disponível para assinantes do CanalEnergia Corporativo.