MME revisa garantia física de seis hidrelétricas

Garantia da etapa 2 da UHE Capivara aumenta em 8,1 MW médios

O Ministério de Minas e Energia fixou nesta quinta-feira, 14 de maio, os novos valores de garantia física das etapas 1 (619 MW) e 2 (643 MW) da UHE Capivara (SP) e das UHEs Rosana (SP-354 MW), Taquaruçu (SP-525 MW ); Curuá-Una (PA-41,9 MW ; Ponte de Pedra (MT/MS-176,1 MW). A garantia da UHE Capivara, em sua segunda etapa, foi a que teve maior aumento, saindo de 337,5 MW médios para 345,6 MWmed; a garantia da primeira etapa foi de 330 MWmed para 337,5 MWmed. Na UHE Rosana, ela cresce 6,7 MWmed, mudando de 176 MWmed para 182,7 MWmed. Já na hidrelétrica Taquaraçu, o aumento foi de 5 MWmed, saindo de 200,6 MWmed para 205,6 MWmed. A UHE Curuá-Una teve a garantia aumentada de 24 MWmed para 28,5 MWmed. A garantia física da usina Ponte de Pedra saiu de 131,6 MWmed para 133,5 MWmed.

De acordo com o MME, os montantes de garantia são determinados nas barras de saída dos geradores. Para a comercialização de energia, os consumos internos das usinas e as perdas na rede deverão ser abatidos dos montantes de garantia física de energia definidos nesta portaria. Esses montantes de garantia física de energia definidos na portaria poderão ser revisados com base na legislação vigente.