Lote C de leilão de transmissão é enquadrado no Reidi

Projeto teve um custo de R$ 258,1 milhões em investimentos, sem impostos

O Ministério de Minas e Energia autorizou na última quinta-feira, 7 de maio, o enquadramento ao Regime Especial de Incentivos ao Desenvolvimento da Infraestrutura do lote C do leilão de transmissão realizado em janeiro de 2014. O lote foi arrematado pela Empresa Litorânea de Transmissão de Energia. Ele compreende a Linha de Transmissão Henry Borden – Manoel da Nóbrega, localizado nos municípios de Santos e Bertioga, ambos em São Paulo. As obras tiveram início no dia 5 de setembro de 2014, e vão até 5 de março de 2017. O empreendimento demanda R$ 258,1 milhões em investimentos, sem a incidência de impostos.