ONS espera que reservatórios do SE/CO terminem maio com 36,2% da capacidade

Afluência na região deve ser de 93% da média histórica, segundo operador

O Operador Nacional do Sistema Elétrico espera que o armazenamento do subsistema Sudeste/Centro-Oeste alcance 36,2% no final de maio em relação ao nível operativo, segundo as previsões da Programa Mensal de Operação. A perspectiva é que a energia natural afluente fique em 93% da média de longo termo. Na semana, que começa no próximo sábado, 2 de maio, a expectativa é de vazão dentro da média histórica.

No Nordeste, a expectativa é que os reservatórios fechem o mês com 28,7% da capacidade, com uma ENA de 67% da MLT. Na próxima semana, a perspectiva é de uma vazão de 64% da média. No Sul, o armazenamento deve ficar em 47,2%, com afluência de 115% da MLT. Na primeira semana operativa de maio, a ENA ficará na média histórica. E no Norte, o operador trabalha com 81,5% de armazenamento e uma afluência de 87% da MLT. Na semana, a perspectiva é de chuvas acima da média, chegando a 108%.

O ONS crê em um aumento de 0,9% na carga do mês de maio. O Custo Marginal de Operação para a semana de 2 de maio ficou em R$ 438,97/MWh, em média, com exceção do Norte, em R$ 100,6/MWh.

Para checar a evolução do CMO e gerar gráficos com múltiplos parâmetros acesse o Monitor Energia disponível para assinantes do CanalEnergia Corporativo