Weg lucra R$ 245,8 milhões no primeiro trimestre de 2015

Bom desempenho de equipamentos para a área de energia foi destaque no período

A fabricante de equipamentos Weg terminou o primeiro trimestre de 2015 com um aumento no lucro líquido de 20% na comparação com o mesmo período do ano passado, chegando a R$ 245,8 milhões. A empresa divulgou nesta quarta-feira, 29 de abril, seus resultados financeiros. A receita operacional líquida ficou em R$ 2,13 bilhões, crescendo 19,4% em relação ao mesmo período do ano passado, quando registrou R$ 1,78 bilhão. Já o Ebitda da Weg nos três primeiros meses do ano ficou em R$ 348,3 milhões, 16,3% superior ao registrado em igual período do ano passado.

De acordo com a empresa, no trimestre continuou o bom desempenho no mercado de equipamentos para geração, transmissão e distribuição de energia. Essa performance compensa o fraco desempenho dos investimentos em expansão de capacidade industrial e do consumo. O aerogerador é considerado como bem sucedido. A melhora nos preços dos leilões também impactou em negócios para geração em Pequenas Centrais Hidrelétricas. Já para transmissão e distribuição, as condições da demanda vão continuar favoráveis na opinião da empresa mesmo que a competição continue acirrada. As perspectivas são positivas, com a execução da carteira de pedidos atuais e a perspectiva de novos negócios, incluindo as fontes solar e biomassa.

Os investimentos somaram R$ 120,1 milhões no primeiro trimestre, sendo que 71% foram nas unidades do Brasil e 29% nas unidades do exterior. Na distribuição da receita líquida por área de negócio da Weg, a de energia responde por 29% do total. Na comparação com o primeiro de 2014, houve um aumento de 5,4 pontos percentuais, quando a área respondia por 23,5%. Ela só fica atrás da área de Equipamentos Eletro-eletrônicos Industriais, que tem 52,1%, e fica a frente das áreas de Motores para Eletrodomésticos, que tem 13,7% e da de Tintas e Vernizes, que soma 5,2% do total da receita.