Assembleia deve reconduzir Luiz Eduardo Barata e Roberto Castro ao conselho da CCEE

Indicação do atual presidente do conselho para o segundo mandato depende ainda de confirmação do governo

Os associados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica devem aprovar em Assembleia Geral Ordinária a recondução para um mandato de quatro anos do atual presidente do  Conselho de Administração da entidade, Luiz Eduardo Barata, e do conselheiro Roberto Castro. A AGO foi convocada para a próxima quinta-feira, 23 de abril, e vai deliberar também sobre o nome do representante do conselho que vai ocupar a função de vice-presidente, criada após a alteração do estatuto social da CCEE.

Outros pontos importantes da pauta da AGO são a aprovação das demonstrações financeiras e contábeis de 2014 e a avaliação dos pareceres dos auditores independentes sobre os processos de contabilização e de liquidação das principais operações da Câmara no ano passado. A assembleia vai definir ainda a remuneração dos membros dos conselhos de Administração e Fiscal, cujos salários serão corrigidos pelo IPCA.

A recondução de Barata ainda depende de indicação do Ministério de Minas e Energia, o que pode ser feito até o dia da assembleia. O presidente do Conselho está na CCEE desde 2011, onde acumula o cargo de superintendente da instituição. Castro ocupa a vaga destinada ao representante do conjunto dos agentes. Sua indicação para um segundo mandato foi discutida no Fórum das Associações do Setor Elétrico e, como não houve manifestação em contrário, a interpretação de profissionais do mercado é de que há consenso em torno de seu nome.

O engenheiro foi eleito em maio no ano passado, na mesma época dos conselheiros Ary Pinto Ribeiro Filho e Solange David. Os três substituíram Luciano Freire, Ricardo Lima e Paulo Born, que renunciaram por discordarem da contrataçao de empréstimos pela CCEE para socorro às distribuidoras. O quinto representante órgão é Antonio Carlos Fraga Machado, que já ocupou a presidência.