Leilão de usinas da Cemig começa em São Paulo

Disputa será divida em quatro lotes com as usinas São Simão (GO/MG), Jaguara (MG/SP), Miranda (MG) e Volta Grande (MG/SP)

Começou às 10h, na bolsa de valores de São Paulo, pregão promovido pelo Governo Federal para licitar a outorga de quatro hidrelétricas cujos contratos venceram entre 2013 e 2017 e não foram renovados pela estatal mineira Cemig.

O leilão será divido em quatro lotes com as usinas São Simão (GO/MG), Jaguara (MG/SP), Miranda (MG) e Volta Grande (MG/SP). Juntas as usinas somam 2,9GW de capacidade instalada.

Os vencedores poderão explorar os empreendimentos comercialmente pelos próximos 30 anos. Pela metodologia, será declarado vencedor o proponente que ofertar o maior valor de bonificação pela outorga, respeitado o valor mínimo para cada usina.

Na entrada da B3, sindicalistas protestam contra a privatização das usinas, alegando que o processo resultará em perda de empregos e de qualidade no serviço de energia elétrica.