Jirau supera marca histórica de geração em janeiro

Usina produziu 3.289 MW médios no período e foi a terceira maior geradora do país

A hidrelétrica de Jirau produziu 3.289 MW médios em janeiro, a melhor marca de sua história, o que representa 48,4% a mais que sua garantia física, de 2.212,6 MWmed. Com isso, a UHE Jirau se posicionou como a terceira maior geradora do Brasil. O ranking foi disponibilizado pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) na última quinta-feira, 1º de fevereiro.

Segundo a Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da usina, este marco foi possível devido as afluências da região no período e aos investimentos realizados no projeto. “Os números evidenciam que Jirau gerou, no mês de janeiro, 9,59% de toda a energia hidráulica da região sudeste e 6,38% da geração hidráulica do Sistema Interligado Nacional (SIN)”, destacou Victor Paranhos, diretor-presidente da ESBR.

Para o gerente de Operação da ESBR, Carlos Alberto Cardoso, tal sucesso se deve às boas práticas adotadas pela Concessionária. “Operamos desde 2013 sempre preservando a segurança dos nossos empregados e do meio ambiente. Hoje conquistamos o resultado deste trabalho feito com muita dedicação, companheirismo e harmonia entre as equipes, fato que nos orgulha por honrar o compromisso da UHE Jirau em fornecer energia limpa e renovável para milhões de brasileiros”, comemorou.

A UHE Jirau, que está instalada no Rio Madeira, a 120 km de Porto Velho (RO), gera energia para mais de 40 milhões de brasileiros por meio do SIN. Também em janeiro, a usina alcançou outra conquista, operando com as suas 50 unidades geradoras simultaneamente.