Tocantins atinge marca histórica no índice FDR Energia de atratividade do ACL para renováveis

Volume de chuvas tem contribuído para competitividade das fontes; ranking mostra ainda 11 estados da federação com boa atratividade para as empresas

A FDR Energia lançou nesta terça-feira, 6 de março, a atualização de fevereiro de 2018 do Índice de Atratividade do Mercado Livre para Fontes Limpas de Energia. O valor médio do Índice para o país ficou em “0,601” no mês, melhor índice dos últimos onze meses.

O grande destaque no ranking é Tocantins, que atingiu alta histórica de atratividade das fontes limpas no mercado livre de energia com o índice “0,803”. Outros 11 estados também ganharam competitividade entre as unidades da federação. Na segunda colocação, aparece o estado do Pará com “0,790”, seguido do Amazonas com “0,769”.

“O alto volume de chuvas em diversas regiões do país tem favorecido o aumento da competitividade das fontes limpas e a atratividade de migração das empresas para o ambiente de contratação livre”, afirmou Erick Azevedo, sócio-diretor da FDR Energia. “

O levantamento mostra que estados que possuem valores no índice abaixo de 0,4 podem ser considerados inviáveis financeiramente para migração para o ACL. Já os que têm entre 0,4 e 0,6 podem ser considerados com viabilidade moderada e entre 0,6 e 0,8, com boa viabilidade. Acima de 0,8, com alta viabilidade.