EDP anuncia novas bases operacionais em Guarulhos e investimentos de R$ 54 mi em 2018

Aporte na cidade é 25% maior do que o realizado em 2017; dois novos postos trarão mais agilidade no atendimento e eficiência para o trabalho em campo das equipes

A EDP São Paulo anunciou novos investimentos no sistema de distribuição em Guarulhos. O objetivo é agilizar os atendimentos em casos de ocorrências e aprimorar a segurança e qualidade do fornecimento de energia, que contará com mais duas bases operacionais avançadas na cidade, onde ficarão posicionados veículos operacionais da empresa. Localizados em pontos estratégicos, a iniciativa irá otimizar o trabalho das equipes e ampliar a eficiência no serviço prestado aos consumidores.

A Base Avançada Pimentas, na zona sul, começa a operar nesta quinta-feira (08) e já vai poder redistribuir os técnicos de forma regionalizada. Já a Base Avançada Dutra será lançada no final de março. Após estudos, foi observado o melhor local para a implantação das unidades, um em cada lado da Rodovia Presidente Dutra.

“Com a inauguração das bases, estamos planejando reduzir em cerca de 30 mil quilômetros por ano o deslocamento dos veículos da EDP em Guarulhos. Isso significa que as ocorrências serão atendidas em menos tempo e com mais agilidade. Além disso, a contribuição ao meio ambiente será muito significativa com uma menor emissão de CO2”, destacou Marney Antunes, diretor da EDP São Paulo.

Sobre 2018, a EDP informou que investirá R$ 54 milhões ao todo na cidade, R$ 11 milhões a mais que no ano anterior. Dos recursos, R$ 13,8 milhões foram direcionados para a modernização das Estações Transformadoras de Distribuição (ETD) Vila Hermínia e Iporanga. Outros R$ 14 milhões foram para a ligação de novos clientes, R$ 10 milhões para manutenção e R$ 5,1 milhões destinados aos sistemas de automação e telecomunicações.

As obras possibilitaram que o sistema acompanhasse o desenvolvimento da cidade, além de aprimorar a confiabilidade e qualidade do serviço aos consumidores atuais. Os recursos ainda foram utilizados para trazer mais segurança, com a implantação de 50 quilômetros de linhas de alta, média e baixa tensão, com tecnologia de proteção contra o impacto de agentes externos, como vegetação, pipas e objetos lançados em dias de fortes chuvas.

Para potencializar as melhorias, limitar os impactos e restabelecer rapidamente o serviço em caso de interrupção no fornecimento, a EDP São Paulo também instalou religadores automáticos. Atualmente, a concessionária comporta 1.241 equipamentos em toda a área de concessão, permitindo que 89% dos consumidores sejam beneficiados.

“Em 2018, queremos nos aproximar ainda mais de nossos clientes e prestar um serviço de muita qualidade, sempre cumprindo com os nossos compromissos com as comunidades em que atuamos”, finalizou Antunes.