Raízen vai fornecer certificados de energia renovável do Fórum Mundial da Água

Energia utilizada em evento vai ser compensada por meio de Certificados gerados nas unidades produtoras de etanol, açúcar e bioeletricidade.

A Raízen será a fornecedora oficial de certificados de energia renovável do 8º Fórum Mundial da Água. O evento, que acontece de 18 a 23 de março em Brasília (DF), deve utilizar 432 mil kWh de energia, que serão compensados em quantidade equivalente por meio de Certificados de Energia Renovável gerados em uma de suas unidades produtoras de etanol, açúcar e bioeletricidade. Além da geração de certificados para toda a energia elétrica utilizada durante os mais de 200 debates e sessões que acontecerão no Centro de Convenção, a Raízen ainda disponibilizará aos participantes do evento cinco totens de carregadores de energia para celulares.

De acordo com Marina Carlini, Gerente de Desenvolvimento Sustentável da Raízen, a energia renovável é a energia do futuro e para a Raízen potencializar seus negócios, garantindo perenidade e competitividade, significa integrar aspectos sociais e ambientais. Segundo ela, a preocupação com o uso eficiente de insumos e recursos naturais é um pilar fundamental para as atividades da empresa. Ela ressalta ainda que a parceria com o 8º Fórum é um momento muito especial para a empresa, que faz parte de um evento mundial que tem um propósito tão importante.

A Raízen utiliza o bagaço, proveniente do processo de moagem da cana para produção de açúcar e etanol, como fonte renovável na geração de energia elétrica. A geração de energia a partir da biomassa representa uma importante alternativa para o setor energético do Brasil, pois complementa a produção hidrelétrica do país. Essa é uma solução mais limpa e renovável que ajudará o Brasil a enfrentar os desafios do futuro no setor energético, garantindo a rentabilidade e a sustentabilidade.

No Brasil, a geração de energia renovável é contabilizada e certificada por meio da emissão de Certificado de Energia Renovável, utilizando a plataforma do I-REC, o que garante que os certificados emitidos no Brasil seguem os mesmos padrões de outras regiões do mundo. Para ser autorizada a emitir RECs, a empresa deve aderir ao Código I-REC e passar por uma auditoria realizada pelo emissor local e, então, ser incluída na plataforma. Cada REC equivale a 1MWh de energia renovável gerada e a previsão de utilização de energia durante o evento é de 432 MWh. Com isso, a Raízen, como parceira, irá emitir e fornecer a mesma quantidade em RECs, referente à quantidade de energia limpa que gerou em sua unidade produtora. Dessa forma, todo o consumo realizado durante o 8º Fórum Mundial da Água será compensado com a geração de energia limpa que entrou diretamente na rede nacional de abastecimento.