Aneel homologa valores a distribuidoras designadas no Norte e Nordeste

Concessões eram das distribuidoras da Eletrobras que estão em processo de venda à exceção da CEA, que é controlada pelo estado do Amapá

A Agência Nacional de Energia Elétrica homologou os valores dos empréstimos de 10 de abril de 2018 do Fundo da Reserva Global de Reversão (RGR) às distribuidoras designadas para a prestação do serviço de distribuição de energia que atendem aos estados do Acre, Alagoas, Amazonas, Amapá, Piauí, Rondônia e Roraima. Essas são concessionárias da Eletrobras, que devolveu os contratos ao governo e espera a venda dessas empresas, à exceção da CEA do Amapá, que é estadual. A CCEE deve averiguar as disponibilidades de caixa da RGR para eventual redução proporcional dos valores.
Para as distribuidoras que atuam em Alagoas e no Piauí, há uma parcela a título de antecipação dos componentes financeiros que excedem os montantes calculados em conformidade com o §5º do art. 6º da REN 748/2016.
Os valores para a Amazonas Energia somam R$ 44,4 milhões, para a CERR é de R$ 11,5 milhões, à Ceal é de R$ 18,8 milhões, para a Ceron é de R$ 15,5 milhões, à Eletroacre está zerado e a CEA receberá R$ 12,5 milhões. O que dá um total de R$ 132,7 milhões. A parcela de antecipação dos componentes citados para a concessionária piauiense soma R$ 20,6 milhões e à alagoana é de R$ 18,8 milhões.
A autorização foi publicada por meio do despacho no. 667, publicado na edição desta terça-feira, 3 de abril, do Diário Oficial da União.