PLD cai no Norte e é fixado em R$ 122,73/MWh nas demais regiões

Aumento nos três submercados é relacionado com queda nas afluências previstas no Sul, onde se espera uma redução de 1.400 MW médios em termos de energia

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE informa que o Preço de Liquidação das Diferenças – PLD para o período entre 14 e 20 de abril caiu 37%, passando de R$ 78,04/MWh para R$ 49,29/MWh no Norte. Nos demais submercados, o preço teve elevação, sendo fixado em R$ 122,73/MWh no Sudeste/Centro-Oeste, Sul e Nordeste.

Os limites de envio de energia do Norte são atingidos, ocasionando o descolamento de seus preços em relação aos demais submercados.

O aumento no preço em três regiões é explicado pela queda nas afluências previstas no Sul, onde se espera uma redução de 1.400 MW médios em termos de energia. Nos demais submercados, a expectativa é de elevação das ENAs para abril com índices em 94% no Sudeste, 51% no Nordeste e 105% no Norte.

A expectativa é de que a carga prevista para a próxima fique em torno de 400 MW médios inferior à carga da última semana, com redução de 300 MW médios no Sudeste e 100 MW médios no Norte. No Sul e no Nordeste, a carga permanece inalterada.

Já os níveis dos reservatórios do SIN tiveram redução de cerca de 410 MW médios ante à expectativa da semana passada, com elevação esperada de 270 MW médios no Nordeste e 60 MW médios no Norte. Há registro de recuo de 410 MW médios nos níveis do Sudeste e de 320 MW médios no Sul.

O fator de ajuste do MRE esperado para abril é de 101,8%. A previsão de Encargos de Serviços do Sistema – ESS para o período é de R$ 535 milhões, com R$ 102 milhões referentes à restrição operativa e o restante, R$ 433 milhões à segurança energética no Nordeste.