CIBiogás anuncia inscrições para cursos sobre biodigestores e geração de energia

Novas turmas serão ministradas totalmente a distância, com tutoria especializada e duração média de cinco semanas. Investimento varia de R$ 490 a R$ 590.

Buscando formar mão de obra especializada para um mercado em expansão, o Centro Internacional de Energias Renováveis-Biogás – CIBiogás divulgou nesta terça-feira, 17 de abril, a abertura das inscrições para novas turmas dos cursos profissionalizantes de Fundamentos do Biogás, Operacionalização de Biodigestores e Biogás para Geração de Energia Elétrica. Com carga de 40 horas, os cursos serão ministrados totalmente a distância, com tutoria especializada e duração média de cinco semanas. As inscrições podem ser efetuadas através do site da instituição, com o investimento variando de R$ 490 a R$ 590.

Segundo o diretor-presidente do CIBiogás, Rodrigo Regis, o objetivo dos cursos é incentivar a criação de mão de obra especializada no setor que está em expansão no país. “A projeção feita pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE) aponta um aumento superior a 100% na geração de energia elétrica com biogás no Brasil nos próximos anos, somente em Geração Distribuída”, explicou. Outros incentivos, como o Renovabio, também devem promover a produção de biometano, combustível verde obtido do biogás.

De acordo com a instituição, os cursos apresentam conteúdos atualizados e foram desenvolvidos para atender a demanda de diferentes públicos. A capacitação “Fundamentos do Biogás”, por exemplo, aborda os principais aspectos da produção por biodigestão e o uso do biogás para a geração de energia elétrica e térmica, além da conversão em biometano.  As aulas são indicadas para todos iniciantes no segmento.

Por sua vez, o curso de “Biogás para a Geração de Energia Elétrica” é classificado como nível avançado e apresenta tecnologias, dimensionamento de sistemas, requisitos e modalidades de utilização da energia elétrica. Lançado este ano, superou a expectativa de matrículas na primeira turma. “As energias renováveis são uma tendência mundial e, com o aumento da demanda energética no Brasil, o interesse profissional nessa área é elevado”, avaliou Iara Bethania, coordenadora do Núcleo de Educação do Centro.

Já em “Operacionalização de Biodigestores”, o aluno poderá aprofundar seus conhecimentos sobre processos de biodigestão, envolvendo a produção de biogás, os parâmetros e a qualidade do gás produzido. O conteúdo foi desenvolvido em parceria com a Embrapa Suínos e Aves e a oferta dos cursos também conta com o apoio da Itaipu Binacional e do Parque Tecnológico Itaipu (PTI).