Aneel prorroga concessão de Curuá-Una por 20 anos

Hidrelétrica da Eletronorte terá potência ampliada de 30,3 MW para 42,8 MW

A Eletronorte foi autorizada a ampliar a potência instalada da usina hidrelétrica Curuá-Una de 30,3 MW para 42,8 MW. O empreendimento teve sua concessão prorrogada por 20 anos a partir da data da autorização, condicionada à entrada em operação comercial da quarta unidade geradora até o vencimento da atual concessão, em 2028.

A estatal solicitou que o prazo de prorrogação fosse contado a partir do término do contrato em vigor, mas o pedido não foi aceito pela Agência Nacional de Energia Elétrica. A Aneel tem usado, em casos de ampliação, o mesmo critério de novos projetos, cujo prazo é contado a partir da publicação do ato de outorga.

Localizada em Santarém, Pará, Curuá-Una foi  outorgada à Celpa em 1998 e transferida para a Eletronorte em 2005. O projeto de ampliação aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica em 2015 mantém as três unidades geradoras existentes, duas de 10MW e uma de 10,3 MW, e acrescenta uma quarta unidade de 12,5 MW.