RGE direcionou R$ 86,3 milhões em obras na Serra Gaúcha e no Alto Uruguai

Valor foi aplicado ao longo de 2017 no fortalecimento da rede elétrica, beneficiando 42 municípios; Caxias do Sul recebeu o maior aporte, R$ 34,6 milhões

A RGE (RS) anunciou ter destinado ao todo R$ 86,3 milhões em obras de expansão e modernização da rede elétrica de 42 municípios das regiões da Serra Gaúcha (R$ 50 milhões) e do Alto Uruguai (R$ 36,3 milhões) ao longo de 2017.

O maior aporte aconteceu em Caxias do Sul, município onde a distribuidora está sediada. Foram R$ 34,6 milhões dedicados a ampliação e fortalecimento de subestações, ligações de novos clientes rurais e urbanos, trocas de postes e instalação de novos equipamentos. Também houve um grande acréscimo de religadores automáticos na cidade.

Outros dois municípios da Serra Gaúcha a terem diversas obras executadas pela concessionária no ano passado foram Nova Petrópolis e Flores da Cunha, que receberam, respectivamente, R$ 7,1 milhões e R$ 4,6 milhões em ações de fortalecimento no sistema elétrico. Assim como em Caxias do Sul, foram trocados postes de madeira por concreto, instalados novos religadores e reguladores de tensão e consideráveis melhorias de capacidade nas subestações que atendem os clientes desses municípios e também cidades próximas.

Segundo Rafael Dala Brida, Consultor de Negócios da RGE, a distribuidora está atenta às necessidades de demanda de energia dos clientes da Serra, tanto residenciais como comerciais e industriais, e, por isso, executa de maneira permanente obras de modernização da rede elétrica. “A oferta de energia é de suma importância para o desenvolvimento dos municípios e nós, da RGE, temos ciência disso. Estamos atentos ao perfil econômico da Serra e executando, todos os dias, ações que fortalecem nosso sistema e aumentando os níveis de confiabilidade e continuidade do fornecimento”, comentou Dala Brida.

Já no Alto Uruguai, um dos maiores investimentos foi realizado em Erechim, município que sedia a Estação Avançada da companhia. A rede elétrica do município contou com iniciativas orçadas em R$ 5,9 milhões e que serviram para a substituição de postes de madeira em todos os bairros da cidade, além da instalação de religadores automáticos.

De acordo o Consultor de Negócios da RGE, Claudio Rodrigo Manica, a região do Alto Uruguai tem uma presença considerável de indústrias e propriedades rurais. Por isso, a energia elétrica se coloca como fator importante no desenvolvimento dos negócios e, por consequência, da região. “Aplicamos um valor realmente significativo nesta região em 2017 e, com isso, mudamos o cenário de fornecimento de energia nos municípios. Os clientes notam essas melhorias principalmente pela diminuição das interrupções, especialmente em dias de temporal”, ressaltou Manica.

Clientes de Severiano de Almeida e Entre Rios do Sul também contaram com recursos milionários em suas redes. Em Severiano, foram aplicados R$ 2,1 milhões, principalmente na implantação da Linha de Transmissão e da subestação, além de obras de novas ligações para clientes rurais e urbanos e substituição de postes. Por sua vez, em Entre Rios do Sul, o aporte de R$ 1,7 milhão permitiu que a SE que atende o município fosse fortalecida com componentes mais potentes e modernos. O valor também serviu para a instalação de religadores automáticos e troca de postes de madeira por concreto.

Durante 2017, a RGE aplicou R$ 391,1 milhões no fortalecimento, modernização e ampliação de suas redes de distribuição e fontes de energia. O aporte representa uma elevação de 28,1% na comparação ao ano anterior.