BBCE movimenta R$ 9 bilhões em quatro meses em 2018

Resultado excepcional é reflexo dos investimentos em inovação tecnológica

A BBCE, plataforma eletrônica de comercialização de energia, registrou resultado surpreendente nos primeiros quatro meses de 2018. De janeiro a abril, o volume de negócios registrado na BBCE alcançou, em média, 14.774 MW por mês, sendo 6.631 MW comercializados na Bolsa e outros 8.143 MW registrados na nova plataforma Boleta Eletrônica. Em termos de volume financeiro, foram cerca de R$ 9 bilhões, ou 78% maior do que em todo o ano de 2017.

Segundo a empresa, o resultado reflete os investimentos em inovação tecnológica, da ordem de R$ 2,5 milhões até o fim de 2018. Reformulado em janeiro deste ano, o ambiente de negociação digital da BBCE ganhou novas plataformas e funcionalidades. Os clientes contam com os seguintes serviços: Bolsa, Boleta Eletrônica para registro de negócios realizados fora do ambiente BBCE e Leilão, com suporte de um aplicativo em constante aprimoramento.

“Nossa estratégia de crescimento baseada em inovação tecnológica vem se confirmando e mostra que estamos no caminho certo”, comentou Victor Kodja, presidente da BBCE. O executivo explica que, com a inovação, grandes grupos passaram realizar negociações na tela, de maneira segura e transparente.

A BBCE traz facilidades nas transações a partir de um contrato padrão, além de fazer integração automática dos participantes, automatização dos processos, entre outras vantagens que ajudam a melhorar as condições de negociação da energia. Nela, é possível rastrear instantaneamente todo o caminho da operação, verificar o melhor negócio, contando com um nível maior de gerenciamento das informações.