Liminar suspende apresentação de propostas pela Eletropaulo

Neoenergia e Enel e possíveis novos concorrentes só poderão dar lances no dia 4 de junho, segundo decisão

Uma liminar da 2ª Vara Empresarial e Conflitos de Arbitragem de São Paulo suspendeu a apresentação de propostas pela Eletropaulo (SP), que estava prevista para esta quinta-feira, 24 de maio. Pelas regras, Neoenergia e Enel deveriam apresentar suas propostas até atingir o lance vencedor. Agora, todas as fases se desenvolverão no dia 4 de junho, data prevista para aceitação da proposta vencedora pelos acionistas.

A decisão judicial permite ainda que novos concorrentes apresentem propostas pela distribuidora paulista no mesmo dia. A Eletropaulo informou que “não foi oficialmente intimida pelo Judiciário a respeito da referida decisão e que manterá o mercado informado de todos os eventuais desdobramentos, dentro dos limites legais, dado que o processo tramita em segredo de justiça”.

Até agora, a italiana Enel está disposta a pagar R$ 32,20 por ação da Eletropaulo, apenas R$ 0,10 acima do valor oferecido pela Neoenergia (R$ 32,10). As propostas colocam o valor da Eletropaulo perto de R$ 5,4 bilhões. Além disso, as empresas poderão fazer uma capitalização de até R$ 1,5 bilhão na distribuidora.