PLD no SE/CO sobe 18% e fica em R$ 402,29/ MWh

Preço no Nordeste dispara 89% e chega a R$ 380,73/MWh, segundo CCEE

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica informa que o Preço de Liquidação das Diferenças para o período entre 26 de maio e 1º de junho foi fixado em R$ 402,29/MWh no Sudeste/Centro-Oeste e no Sul, aumento de 18%. Já o preço no Nordeste e no Norte subiu 89% ao passar de R$ 201,88/MWh para R$ 380,73/MWh.

As afluências previstas para o Sistema Interligado Nacional em maio devem fechar em torno de 71% da média histórica, com índices em 79% no Sudeste, 41% no Sul, 36% no Nordeste e em 83% da média no Norte. Para junho, a expectativa é de ENAs em 73% da MLT, abaixo da média em todos os submercados. Para a próxima semana, a expectativa é que a carga fique em torno de 1.335 MW med inferior à última previsão, com redução esperada no Sudeste, de 1.125 MW med e no Sul, de 330 MW med. As cargas esperadas para o Nordeste, com aumento de 65 MW med e Norte, com mais 55 MW med registram elevação.

Os níveis dos reservatórios do SIN ficaram cerca de 100 MW med mais baixos em relação ao esperado, com redução apenas no Sul, de 605 MW med. Nos demais submercados, os níveis estão mais altos: Sudeste, com 205 MW med, Nordeste, com aumento de 105 MW med e Norte, com crescimento de 195 MW med.

O fator de ajuste do MRE previsto para maio é de 85,9% e o de junho esperado em 71,5%. A previsão de Encargos de Serviços do Sistema para maio está em R$ 73 milhões, sendo R$ 64 milhões referentes à restrição operativa. Já para junho, a previsão é de ESS em R$ 34 milhões referentes à restrição operativa.