TJ-SP suspende liminar que impedia apresentação de proposta pela Eletropaulo

CVM pode designar nova data do leilão, de acordo com decisão

A liminar que suspendia a apresentação de propostas pela Eletropaulo (SP) foi derrubada pela Presidência do Tribunal de Justiça de São Paulo na última sexta-feira, 25 de maio. De acordo com comunicado emitido pela Eletropaulo, com a suspensão, a Comissão de Valores Mobiliários tem a prerrogativa de fixar o cronograma do leilão.

O leilão para apresentação de propostas estava marcado para o último dia 24 de maio, mas a liminar da 2ª Vara Empresarial e Conflitos de Arbitragem de São Paulo suspendeu a apresentação de propostas. Na ocasião, Neoenergia e Enel, que estão disputando a Eletropaulo, deveriam apresentar as propostas até chegar no lance vencedor. A Eletropaulo afirmou que ainda não foi informada pelo judiciário da decisão. Por enquanto, a proposta da Enel está em R$ 32,20 por ação, enquanto a da Neoenergia é de R$ 32,10.