Eletrobras e EDF fecham acordo na área nuclear

Empresas estudarão oportunidades de colaboração para retomar e concluir Angra 3 e desenvolver outras usinas nucleares

A Eletrobras firmou em conjunto com a Eletronuclear e a francesa EDF um memorando de entendimento para promover cooperação na área nuclear. Segundo o comunicado publicado na noite desta terça-feira, 6 de junho, no site da Comissão de Valores Mobiliários, as três empresas estudarão oportunidades de a EDF colaborar com a retomada e conclusão de Angra 3 e no desenvolvimento de novas usinas nucleares no Brasil.
Além disso, continuou o comunicado, a companhia francesa contribuirá com sua expertise para a operação de Angra 1 e Angra 2 na prevenção do envelhecimento de materiais, na identificação do risco de obsolescência de equipamentos, em manutenção e treinamento. As atividades a serem realizadas no âmbito do acordo serão feitas por meio de contratos específicos, que serão definidos posteriormente. A validade do memorando é de três anos, podendo ser estendida para até cinco anos.