Dirigentes da Enel e da AES Eletropaulo visitam MME

Encontro como o ministro Moreira Franco aconteceu dois dias depois da compra do controle da distribuidora paulista pela empresa italiana

Dois dias depois da compra pela Enel Brasil de 73,4% do capital social  da Eletropaulo, o diretor presidente da empresa, Carlo Zorzoli, teve seu primeiro compromisso oficial em Brasilia como representante do novo controlador da distribuidora paulista. Acompanhado pelo presidente da concessionária, Charles Lenzi, e pelo presidente do Conselho de Administração da AES Brasil, Britaldo Soares, Zorzoli fez o que chamou de um visita de cortesia ao ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, nesta quarta-feira, 6 de junho.

Na saída do encontro, o executivo da Enel destacou que quando a empresa assumir  a Eletropaulo certamente fará algumas mudanças, mas o que tiver de bom será mantido. Já Britaldo Soares disse que as ideias da nova controladora para a Eletropaulo são bem vindas, e que a transição para a passagem do comando da AES para a empresa italiana acontece em clima de muita harmonia. A distribuidora tem um plano de investimentos que a Enel  ainda vai analisar, lembrou o executivo.

Em entrevista em São Paulo nesta terça-feira, 5, Zorzoli anunciou que a Enel planeja investir US$ 900 milhões na Eletropaulo no período de 2019 a 2021 para melhorar a qualidade do serviço e a digitalização da rede da distribuidora. A companhia desembolsou R$ 5,5 bilhões de reais para adquirir o controle da empresa em leilão realizado na última segunda-feira, 4, na bolsa B3.