Votação do PL do setor elétrico fica para agosto

Após acordo com a oposição para discutir um novo substitutivo, leitura do parecer do deputado Fabio Garcia foi cancelada

Um acordo do deputado Fábio Garcia (DEM-MT) com a oposição empurrou para agosto a votação do substitutivo ao projeto de lei que trata da portabilidade da conta de luz e das medidas de reestruturação do modelo comercial do setor elétrico. Relator da proposta, Garcia voltará a se reunir no próximo dia 24 com os deputados Erica Kokay (PT-DF), Carlos Zarattini (PT-SP) e José Carlos Aleluia (DEM-BA) para discutir um novo substitutivo.

O relatório do PL 1917 seria lido no plenário da comissão nesta quarta-feira, 11 de julho, mas a sessão foi cancelada após negociação do parlamentar com a deputada petista. Garcia ainda tentou convencer Kokay a suspender a obstrução, mas ela argumentou que a leitura do relatório hoje manteria o relator engessado e sem possibilidade de negociação. “Ou a gente entra em acordo aqui, ou vai obstruir em agosto na primeira, na segunda, na terceira [sessão]. Você cancela a reunião e a gente negocia um substitutivo”, propôs a deputada.

O parlamentar tentou apresentar seu parecer com o substitutivo pela manhã, mas o quórum minimo de 18 parlamentares só foi alcançado à tarde. Só que, àquela altura, a sessão havia sido suspensa por causa do inicio da ordem do dia no plenário da Câmara.