Siemens e SPIC fecham acordo para cooperação na área de turbinas a gás

Memorando de Entendimento foi assinado em Berlim na presença de autoridades alemãs e chinesas

A alemã Siemens e a chinesa SPIC (State Power Investment Corporation) assinaram um acordo de colaboração tecnológica na área de turbinas a gás para serviço pesado. O Memorando de Entendimento (MoU) foi assinado em Berlim na presença da chanceler alemã Angela Merkel e do primeiro-ministro chinês Le Keqiang durante a sua visita oficial à Alemanha.

Segundo o acordo, a Siemens deve colaborar com a SPIC nas atividades de pesquisa e desenvolvimento de turbinas a gás para serviço pesado e fornecer treinamento e consultoria técnica para a companhia chinesa. Essa cooperação reforça a liderança da Siemens na área de tecnologia em apoio ao objetivo da China de desenvolver e construir sua própria turbina a gás para serviço pesado. A assinatura deste pré-acordo deve acelerar a concretização do acordo de cooperação tecnológica no futuro próximo.

“A cooperação tecnológica com a SPIC é mais um marco importante no relacionamento de longa data entre a Siemens e a China”, disse Joe Kaeser, CEO da Siemens. “A Siemens fornecerá tecnologia de ponta para a China e a SPIC trará sua vasta experiência no mercado chinês. Como parceiras, podemos realizar grandes feitos para o bem maior das relações entre China e Alemanha, além de fornecer energia eficiente e sustentável para a China e o mundo.”

Qian Zhimin, presidente da SPIC, disse: “A SPIC está desenvolvendo e implementando ativamente o programa de desenvolvimento de turbina a gás para serviço pesado da China. A colaboração com a Siemens e outras empresas multinacionais de turbinas a gás vai acelerar o progresso do programa. A Siemens e a SPIC se complementam no setor de energia, abrindo mais espaço para cooperação futura em outras áreas.”

A China é um dos mercados mais importantes do mundo para turbinas a gás de grande porte e deve intensificar seu investimento em tecnologias para esse tipo de turbina.