CPFL Energia avalia Cesp, diz CEO

Estatal será privatizada no próximo dia 2 de outubro

A CPFL Energia avalia disputar o leilão de privatização da Cesp, que será realizado no próximo dia 2 de outubro. Em teleconferência com analistas financeiros nessa terça-feira, 21 de agosto, o CEO da empresa, André Dorf, declarou que ‘por força de ofício’, a empresa avalia todas as alternativas de crescimento na sua área de atuação. “Não sei se hoje haveria rota de crescimento mais próxima daquilo que a gente espera”, afirma. A Cesp já revelou que potenciais compradores já visitaram o data room da empresa, nesta etapa da privatização.

Embora tenha colocado a estatal do governo paulista no radar da CPFL, o executivo também deu a entender que o interesse da empresa controlada pela chinesa State Grid pode não ser tão grande. “A gente avalia, mas tem outras rotas e alternativas mais animadoras para a empresa”, revelou.

Dorf também lembrou que dois anos atrás foi efetivada a venda da empresa para a State Grid e que desde então a serenidade da empresa foi mantida, além do foco nas operações, preservação do time executivo e da disciplina financeira. “Os resultados mostram o nosso esforço do nosso comprometimento com os resultados de curto prazo e com a sustentabilidade e os resultados do longo prazo também”, concluiu.