Eletrobras já trabalha com hipótese de adiamento de leilão da Amazonas Energia

Certame está marcado para o próximo dia 26 de setembro

A Eletrobras já trabalha com a possibilidade de não realização do leilão de privatização da Amazonas Energia (AM) no dia próximo dia 26 de setembro. A venda depende da aprovação de um projeto de lei que ainda não foi à votação no plenário do Senado. O diretor de regulação da distribuição da Eletrobras, Carlos Rubem Pinho Nilo, admitiu que pode não haver a realização do leilão, mas que por enquanto ele está mantido. “Está se falando [do adiamento], mas de concreto não tem nada”, falou a jornalistas no Encontro Nacional de Altos Executivos, do Setor Elétrico, nesta quinta-feira, 13 de setembro, no Rio de Janeiro (RJ).

Já na Ceal (AL), a expectativa do diretor é que em outubro o seu processo de privatização tenha continuidade. No momento, a venda está paralisada por uma questão judicial entre o governo de Alagoas e a União.