Elektro aporta R$ 20 milhões para construção de subestação em Votuporanga (SP)

Concessionária também iniciou ampliação da SE Três Lagoas (MS) e concluiu a digitalização da SE Tatuí 1 (SP)

A Elektro definiu para dezembro o início das obras para construção da subestação Votuporanga 03, na avenida Prefeito Mario Pozzobon, no Distrito Industrial (SP). Com investimento de R$ 20 milhões, a iniciativa beneficiará 102 mil pessoas dos municípios paulistas de Votuporanga, Alvares Florence e Parisi.

De acordo com a concessionária, a nova SE possuirá potência instalada de 33 MVA e será totalmente digitalizada, com um sistema integrado de supervisão, comando e controle, que oferecerá mais confiabilidade na operação do sistema, permitindo ações mais rápidas e seguras para restabelecer o fornecimento de energia elétrica.

Com sistema automatizado, a subestação dispensa a presença de eletricistas e operadores para efetuar manobras, sendo realizadas diretamente pelo Centro de Operação da Distribuição (COD) da Elektro, em Campinas, por comunicação via satélite.

Jean Vianna, Gerente de Distribuição da Elektro, afirmou que a empresa aposta no crescimento das cidades da área de atuação para melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados, atuando “de forma integrada à comunidade para apoiar o desenvolvimento do município”.

A companhia também anunciou o começo dos serviços de ampliação da Subestação Três Lagoas, em Três Lagoas, Mato Grosso do Sul. O investimento de mais de R$ 4,2 milhões compreende o aumento da capacidade da SE, com a instalação de mais um transformador com a capacidade de fornecer 20 MVA.

O aumento de potência instalada irá possibilitar que os municípios do Estado atendidos pela concessionária recebam mais clientes industriais e residenciais. A iniciativa visa garantir uma disponibilidade energética suficiente para acompanhar o crescimento de Três Lagoas e região. Esse é o segundo transformador instalado no município no período de um ano. Em 2017, a empresa ampliou a capacidade de fornecimento, com um transformador de 33 MVA.

Para o supervisor da Elektro, Bruno Castello, as ações reforçam o compromisso da empresa com o bem estar da população, “deixando o sistema elétrico mais robusto e preparado para seu crescimento”, afirmou.

Outro investimento da concessionária foi finalizado neste mês. Trata-se da digitalização da Subestação Tatuí 1, em Tatuí (SP). Com a modernização dos equipamentos, o empreendimento poderá ser operado remotamente do Centro de Operação da Distribuição, em Campinas.

A tecnologia utilizada possibilitará a realização de manobras automáticas e intervenções sem a necessidade do deslocamento de eletricistas, melhorando o serviço prestado a 30 mil clientes da região.