Entrada em operação da UHE Colíder fica para dezembro deste ano

Copel alegou que precisaria de mais tempo para corrigir problema em comporta identificado em agosto

A Copel informou em comunicado ao mercado que alterou o cronograma da UHE Colíder (MT -300 MW). O início da operação, que estava previsto para este mês de outubro, foi revisado para dezembro de 2018.

De acordo com a empresa, no final de agosto de 2018, durante os ensaios de comissionamento da Unidade Geradora 1 da UHE, foi identificado um problema no sistema de movimentação das comportas de jusante das Unidades Geradoras que levou a área técnica da Copel a prever a operação em dois meses. Porém, durante a realização das medidas corretivas planejadas, concluiu-se que a solução necessitaria de alteração no projeto das guias das comportas e precisaria de tempo adicional.

A Copel descontratou toda a energia da usina que seria entregue em 2018 por meio do Mecanismo de Compensação de Sobras e Déficits – MCSD, o que a deixou sem a obrigação de compra de energia no mercado de curto prazo para esse ano.