Com a chegada das chuvas, PLD despenca 38% em todo país

Preço da energia na primeira semana de novembro é fixado em R$ 142,40/MWh

O Preço de Liquidação das Diferenças (PLD) para o período entre 27 de outubro e 2 de novembro caiu 38% ao passar de R$ 229,71/MWh para R$ 142,40/MWh nos submercados Sudeste/Centro-Oeste, Sul, Nordeste e Norte, informou a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

A melhora expressiva nas afluências previstas para o Sistema Interligado Nacional em outubro e em novembro é o principal fator para a queda do preço em todos os submercados. As Energias Naturais Afluentes (ENAs) esperadas para outubro devem fechar em 101% da média histórica, acima da Média de Longo Termo (MLT) no Sudeste (107%) e no Sul (113%), cenário também previsto para o próximo mês.

Para a próxima semana, a expectativa é que a carga fique em torno de 25 MW médios mais baixa no SIN, com redução esperada apenas no Sudeste (-90 MW médios). A expectativa no Norte é praticamente a mesma da última semana, apresentando elevações no Sul (+55 MW médios) e no Nordeste (+10 MW médios).

Já os níveis dos reservatórios do Sistema ficaram cerca de 1.150 MW médios mais altos frente à previsão anterior, com elevação em todos os submercados, exceto no Nordeste, cujos níveis permanecem os mesmos. Os níveis ficam mais elevados no Sudeste (+815 MW médios), no Sul (+300 MW médios) e no Norte (+30 MW médios).

O fator de ajuste do MRE esperado para outubro é de 67,6% e a previsão para novembro é de 77,9%. Os Encargos de Serviços do Sistema (ESS) esperados para outubro estão em R$ 102 milhões, sendo R$ 87 milhões referentes à restrição operativa e os demais R$ 15 milhões à segurança energética. Para novembro, a previsão de ESS é apenas por restrição operativa, na ordem de R$ 56 milhões.