Leilão da Amazonas Energia é adiado para 10 de dezembro

Essa é a terceira data agendada pelo BNDES para a venda da concessionária que é operada pela Eletrobras

A Eletrobras confirmou por meio de Fato Relevante publicado na noite da última quinta-feira, 22 de novembro, que o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social adiou o leilão da Amazonas Energia. A decisão consta do comunicado relevante Nº 24 da instituição responsável pelo processo. Pelo novo cronograma, a entrega dos documentos será realizada no dia 06 de dezembro de 9h às 12h (horário de Brasília), e a Sessão Pública do Leilão está prevista para ocorrer no dia 10 de dezembro, às 17h.
Em meados de novembro o governo federal editou duas medidas provisórias, a 855 e a 856 que teriam como reflexo direto facilitar a negociação dessa concessionária e a Ceal, outra que a Eletrobras ainda opera como designada. Mas, no início desta semana uma decisão da 49ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro, tornou sem efeito a Assembleia Geral Extraordinária realizada em fevereiro que aprovou a venda das suas distribuidoras, impedindo o prosseguimento da venda.
Essa já é a terceira data para que seja realizada a venda da penúltima concessionária da estatal federal, o leilão estava agendado para ocorrer no dia 27 de novembro e antes ainda, em 25 de outubro.
O processo de venda das distribuidoras da holding começou com a venda da Celg em novembro de 2016 e é uma das medidas que vem sendo implementadas para recuperar a elétrica estatal. Entre as outras ações está a venda de SPEs, realizada parcialmente em setembro de 2018.