Governo autoriza Ceal a tomar empréstimo de até R$ 400 mi usando RGR

Valor terá de corresponder à diferença entre gastos e recebimentos do fundo setorial entre 2017 e 2018

O Ministério de Minas e Energia autorizou a Companhia Energética de Alagoas – Ceal a tomar um empréstimo de até R$ 400 milhões utilizando recursos contidos na Reserva Global de Reversão. De acordo com a Portaria do MME publicada nesta sexta-feira (21), o valor que a distribuidora poderá tomar terá de corresponder à diferença entre as despesas totais realizadas, incluindo impostos, e os valores recebidos via tarifa, encargos setoriais e empréstimos da RGR entre 1º de julho de 2017 e 31 de dezembro de 2018.

A Ceal é a última remanescente do conjunto de distribuidoras estatais federais ligadas à Eletrobras que ainda não foi privatizada. Ao longo deste ano o governo já vendeu a Cepisa (PI), Amazonas Energia (AM), Boa Vista Energia (RR), Ceron (RO) e Eletroacre (AC). Inicialmente previsto para o último dia 19, o certame para venda da companhia foi remarcado pelo governo para o apagar das luzes de 2018: 28 de dezembro – último dia útil do ano –, às 17 horas, na bolsa de valores B3, em São Paulo.