MME enquadra reforço da SE Bandeirante no Reidi

Obra será realizada pela Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista

O Ministério de Minas e Energia aprovou o enquadramento Regime Especial de Incentivos para o Desenvolvimento da Infraestrutura (Reidi) do projeto de reforço da Subestação Bandeirante, localizada no estado de São Paulo. A obra, a ser realizada pela transmissora Cteep, compreende a implantação de dois módulos de entrada de linha 34,5 kV, para permitir a conexão da distribuidora ao barramento 34,5 kV, desta subestação, por meio de dois novos circuitos. O Reidi é uma política de incentivo fiscal. O custo da obra está estimado em R$ 1,4 milhão. As informações contam publicadas no Diário Oficial da União (DOU) da última sexta-feira, 28 de dezembro.