Eletronorte pode abrir comportas da UHE Samuel; medida pode provocar alagamentos

Reservatório da usina está próximo do nível máximo em virtude de chuvas acima da média normal

A Eletronorte informou nesta quarta-feira, 9 de janeiro, que poderá abrir as comportas da hidrelétrica Samuel. Reservatório da usina está próximo do nível máximo em virtude de chuvas acima da média normal.

“A Eletronorte, em decorrência da intensificação das chuvas, efetuará a abertura das comportas do vertedouro da Usina Hidrelétrica Samuel. A previsão é para o próximo dia 14 de janeiro, mas caso haja ondas de vazão de cheia excepcionais, a abertura poderá ser antecipada”, diz a nota. A usina fica no rio Jamari, no município de Candeias do Jamari, no estado de Rondônia, com capacidade instalada de 216 MW.

A abertura do vertedouro acarreta aumento da vazão de jusante da barragem e pode causar o alagamento das áreas de várzeas do rio Jamari.

Segundo a empresa, a abertura do vertedouro acarreta aumento da vazão de jusante da barragem e pode causar o alagamento das áreas de várzeas do rio Jamari. A cota da montante durante o período das cheias no reservatório de Samuel será de no máximo 87,40 metros. A última medição feita pelo centro de operação da usina registrou o nível 86,45 m.

Depois de abertas, as comportas podem despejar no rio até um milhão e quinhentos mil litros de água por segundo durante o tempo de incidência de grande volume de chuvas. A equipe da área de meio ambiente da Eletronorte está providenciando comunicado às comunidades ribeirinhas e à Secretaria Estadual de Meio Ambiente sobre a abertura das comportas do vertedouro.