Panificadora de MG instala usina de GD solar de 132,3 kWp

Empresa dobrou consumo de energia, mas mantém valor da conta com instalação de sistema pela Alsol. Além da economia financeira, indústria deixará de emitir 140 toneladas de CO2 ao ano e irá recuperar o investimento em 5 anos

Dobrar o consumo energético e pagar o mesmo valor na conta. Parece impossível num primeiro momento, mas tal fato aconteceu em Campo Belo (MG), onde a geração através de uma usina energia fotovoltaica de 132,3 kWp num sistema com 490 módulos proporcionou a economia ao parque industrial da empresa “Delícias do Trigo”, que conta com uma área de 10.000 m².

Instalada pela Alsol Energias Renováveis, a UFV foi providencial em um momento de alta no valor da tarifa e aumento do consumo. Segundo o presidente da Alsol, Gustavo Malagoli, a estimativa é que o montante economizado seja de quase R$ 90 mil por ano, demonstrando a importância da iniciativa.

“A panificação é um ramo que tem um desafio grande em relação ao consumo de energia elétrica, que pode impactar negativamente nos lucros e na competitividade da empresa”, comentou Malagoli.

A usina foi instalada em uma área de 980 m² e o valor investido será recuperado pela panificadora em aproximadamente 5 anos. Além da economia financeira, a empresa deixa de emitir na atmosfera mais de 140 toneladas de CO2 e o sistema equivale a 860 árvores plantadas.