PLD sobe 20% no Sudeste e Sul e chega a R$ 166,17/ MWh

No Nordeste e Norte, queda de 23% leva preço para R$ 80,44/ MWh

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica informa que o Preço de Liquidação das Diferenças para o período entre 12 e 18 de janeiro subiu 20% nos submercados Sudeste/Centro-Oeste e Sul, passando de R$ 138,80/MWh para R$ 166,17/MWh. Já o preço no Norte e Nordeste saiu de R$ 103,89/MWh para R$ 80,44/MWh, redução de 23%.

A elevação do PLD nos submercados Sudeste/Centro-Oeste e Sul se deu principalmente por conta da redução – de 80% para 71% da média – das afluências previstas para o Sistema e que também apresentaram queda em todos os submercados. A redução do preço nos submercados Nordeste e Norte, por sua vez, foi causada principalmente pela elevação do armazenamento verificado nos reservatórios do Norte.

A carga prevista para a próxima semana no SIN deve ficar em torno de 425 MW med mais alta, com redução esperada apenas no Nordeste, com recuo de 150 MW med. Nos demais submercados, há expectativa de elevação: Sudeste, com alta de 400 MW med, Sul, com mais 125 MW med e Norte, com aumento de 50 MW med. Os níveis dos reservatórios do SIN ficaram cerca de 1.025 MW med mais baixos quando comparados com a previsão da semana anterior. Houve redução de 600 MW med no Sudeste, recuo de 700 MW med no Sul e diminuição de 150 MW med no Nordeste. Os níveis dos reservatórios subiram apenas no submercado Norte, com aumento de 425 MW med.

O fator de ajuste do MRE para o mês de janeiro, para fins de repactuação do risco hidrológico, ou seja, quando é considerada a sazonalização flat da garantia física, foi revisto de 100,2% para 100,1%. O fator que considera a sazonalização realizada pelos agentes não foi previsto, pois a sazonalização da garantia física para 2019 ainda não foi divulgada. O ESS esperado para janeiro está em R$ 64 milhões, sendo quase sua totalidade referente à restrição operativa, uma vez que a reserva operativa de potência, verificada somente no primeiro dia do ano, apresentou custos de apenas R$ 30 mil.