Cade ratifica compra de LTs da Ambar pela Taesa

LTs foram adquiridas em dezembro do ano passado

O Conselho de Administração da Defesa Econômica emitiu certidão de trânsito em julgado após 15 dias da decisão inicial e tornou definitiva a aprovação sem restrições da compra de Linhas de Transmissão da Ambar Energia pela Taesa. Os ativos em questão são a São João Transmissora de Energia, São Pedro Transmissora de Energia, e 51% das ações do capital total e votante da Triangulo Mineiro Transmissora de Energia e da Vale do São Bartolomeu Transmissora de Energia. Os ativos foram comprados em dezembro do ano passado, pelo valor de R$ 942,5 milhões.

Os ativos somam cerca de 1,2 mil quilômetros de extensão. De acordo com o comunicado, a compra ainda está sujeita ao cumprimento de outras condições precedentes usuais para esse tipo de operação.