Schneider Electric apresenta edição 2019 do Go Green in the City

Nona edição do concurso mundial para estudantes de Engenharia e Negócios busca encontrar grandes ideias que fomentem a sustentabilidade no mundo. Finalistas serão convidados para o Innovation Summit em Barcelona

A Schneider Electric anunciou o lançamento do Go Green in the City 2019, seu concurso universitário anual para encontrar grandes ideias e soluções inovadoras capazes de tornar cidades mais inteligentes, mais eficientes em energia e mais sustentáveis.

Em sua nona edição, o certame tem sido um acontecimento importante para estudantes, principalmente de Engenharia e Negócios ao redor do mundo. Em 2018, mais de 24 mil jovens de mais de 3 mil universidades de 163 países participaram, sendo 58% deles mulheres. Os competidores não só terão a chance de causar impacto na economia digital, como também de participar das finais globais durante o Innovation Summit 2019 da Schneider Electric, a ser realizado nos dias 2 e 3 de outubro em Barcelona, na Espanha.

O evento reunirá especialistas da empresa e líderes de indústrias mundiais para compartilhar insights e grandes ideias sobre os desafios e as oportunidades da economia digital. Os estudantes terão contato e mentoria com especialistas do setor. Em última instância, há também a possibilidade de trabalho na Schneider Electric e ainda ganhar uma viagem com tudo pago para duas cidades em qualquer lugar do mundo onde exista um escritório da companhia.

Neste ano a competição deve atrair ainda maior interesse por causa das quatro categorias estipuladas para os candidatos enviarem suas ideias: Edifícios do Futuro, Plantas do Futuro, Grids do Futuro, Sustentabilidade e Acesso à Energia.

Os desafios estão ligados à estratégia de negócios de sustentabilidade da Schneider Electric e refletem o compromisso da empresa com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs) da ONU, convidando os estudantes a compartilhar projetos que possam reformular o futuro e mostrar um lado mais eficaz da sustentabilidade: a conexão dos impactos sociais e ambientais com a tecnologia e o mundo dos negócios.

Para Olivier Blum, vice-presidente global de Recursos Humanos da Schneider Electric, a nova geração enfrenta desafios consideráveis ​​para empreender um futuro sustentável. “Temos que empoderar esses jovens, ajudando-os a ser uma força motriz para a inovação. Tenho orgulho que o Go Green in the City tenha se tornado uma plataforma para desenvolverem suas ideias visando esse futuro melhor”, comentou.

Os vencedores do Go Green in the City 2018, Zvirevo Chisadza e Tariro Cynthia Mutsindikwa, do Instituto Universitário Pan-Africano para Ciências Hídricas e Energéticas, na Argélia, compartilharam sua empolgação com a experiência. “Tudo começou com uma ideia pequena, mas com a ajuda dos mentores, ela se tornou grande e mais definida para auxiliar na luta contra a fome no mundo por meio da tecnologia”, afirmou Tariro Cynthia.

Zvirevo disse que a competição estabeleceu contato com especialistas da Schneider, dando a oportunidade de aprender sobre os desafios da sustentabilidade no mundo. As equipes devem ser compostas por dois estudantes das áreas de: Negócios, Engenharia, Física, Ciência da Computação, Matemática e outras ciências, desde que sejam de instituições credenciadas. Ambos devem ficar no mesmo país ou região durante a competição. E de acordo com a política de diversidade e inclusão da companhia, cada equipe deve incluir pelo menos uma mulher. O prazo para inscrições terminará em 25 de maio de 2019.