Eletrobras quer prorrogar data limite para transferência da Amazonas Energia

Consórcio Oliveira Energia, que arrematou a distribuidora em leilão, assumiria a empresa até o dia 15 de abril

A Eletrobras pretende prorrogar a data limite de transferência do controle da Amazonas Energia para o Consórcio Oliveira Energia, que arrematou a concessionária em leilão realizado em dezembro do ano passado. O novo prazo final para a migração do controle será 15 de abril deste ano, caso os acionistas aprovem a postergação na Assembleia Geral Extraordinária marcada para o próximo dia 29 de março.

De acordo com a estatal, a prorrogação da transferência está condicionada à atos por parte do governo, entre eles a garantia de recursos necessários para que a distribuidora possa operar, manter e investir nesse período. Esses recursos, de acordo com a Eletrobras, devem ser providos por meio de tarifa, da União e/ou de fundos setoriais, sem qualquer aporte de recursos por parte da Eletrobras.